UFGD e Fundect firmam acordo de cooperação para atração de professores visitantes

UFGD e Fundect firmam acordo de cooperação para atração de professores visitantes

A formação de doutores altamente qualificados e ainda não inseridos no mercado de trabalho cria a oportunidade de trazê-los para a UFGD e para MS.

Representantes da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul (Fundect) assinaram, na última quinta-feira (26/05), o acordo de cooperação técnica para a realização do “Programa de atração de pesquisadores recém-doutores para o estado de Mato Grosso do Sul”. O objetivo é fortalecer a pesquisa científica e tecnológica, o empreendedorismo e a inovação na UFGD e no MS.

O acordo é resultado da demanda apresentada pela UFGD em 21 de março deste ano, durante reunião com a Fundect, e prevê até R$ 320 mil de auxílio financeiro para execução de projetos de pesquisa em áreas estratégicas para a universidade, por professores visitantes que a UFGD está contratando para seus programas de pós-graduação (PPGs), por meio da seleção que está com inscrições abertas até 7 de junho.

Neste programa, a UFGD remunera o professor visitante (R$ 9.616,18/mês + R$ 458 de auxílio-alimentação) e a Fundect acrescenta R$ 20 mil como recurso de custeio para o desenvolvimento da pesquisa.

A formação de doutores altamente qualificados e ainda não inseridos no mercado de trabalho propicia a oportunidade de atraí-los para a UFGD e para o estado, como possibilidade de complementar sua formação, desenvolver atividades de ensino e de pesquisa científica, tecnológica, inovadora e empreendedora junto aos pesquisadores dos PPGs da UFGD.

Além de adquirir vivência acadêmica na UFGD, os professores visitantes podem contribuir para o fortalecimento do ensino de pós-graduação, fortalecer os grupos e redes de pesquisa da UFGD, estimular as parcerias entre instituições, empresas e indústrias, bem como melhorar o conceito dos programas de pós-graduação da UFGD nas avaliações da Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e promover impactos positivos nos indicadores de competitividade de MS.

Assinaram o acordo de cooperação, no gabinete da Reitoria, o reitor pro tempore Lino Sanabria, a pró-reitora de Pós-graduação e Pesquisa (PROPP), Silvana Scalon, e o diretor-presidente da Fundect, Márcio de Araújo Pereira.

Inicialmente, foi divulgado pela FUNDECT que o fomento para os projetos de pesquisa totalizaria R$ 420 mil, no entanto, esse valor estava condicionado à quantidade de programas que realizassem a seleção de novos professores visitantes no período permitido pela legislação eleitoral. Por conta de contratos ainda vigentes, dos 21 programas previstos para serem contemplados naquele momento, somente 16 puderam abrir vagas neste primeiro semestre, alterando o valor para R$ 320 mil.

Fonte: https://portal.ufgd.edu.br

Más artículos de la Universidad

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Suscríbete al Grupo Tordesillas​

Introduce tu email y recibirás las novedades del Grupo Tordesillas mensualmente en tu correo electrónico.

Ir arriba