“Formei, e agora?” – Engenharia de Bioprocessos na fanpage da UFSJ

formei-e-agora-engenharia-de-bioprocessos-na-fanpage-da-ufsj

Na Europa e nos Estados Unidos, a profissão de engenheiro de bioprocessos já é muito reconhecida e disputada. Aqui no Brasil, ainda é uma novidade no mercado de trabalho – o curso de bacharel em Engenharia de Bioprocessos foi inicialmente instaurado no país no início do ano 2000, na Universidade Federal do Paraná (UFPR). Em 2008, a Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) foi pioneira ao criar o primeiro curso de Engenharia de Bioprocessos do estado de Minas Gerais. As aulas acontecem no Campus Alto Paraopeba (CAP), na cidade de Ouro Branco.

Como a profissão ainda é inédita tanto na comunidade acadêmica quanto no mercado de trabalho, o engenheiro de bioprocessos tem enfrentado constantemente alguns desafios, como pouco reconhecimento no mercado de trabalho e frequentes dúvidas dos sobre as possibilidade de atuação profissional. Diante deste cenário, o Centro Acadêmico de Engenharia de Bioprocessos da UFSJ (CAEB – UFSJ/CAP), lançou o projeto “Formei, e agora?”, que tem o objetivo de informar os graduandos de Engenharia de Bioprocessos sobre as inúmeras possibilidades de atuação profissional.

O projeto tem o intuito de estimular os estudantes dessa Engenharia e também promover o estreitamento das empresas com os alunos, para futuros estágios e parcerias. Foram realizadas entrevistas com profissionais da Engenharia de Bioprocessos formados pela UFSJ, que estejam exercendo a profissão ativamente no mercado de trabalho ou na área acadêmica.

O objetivo principal é fortalecer o nome da Universidade enquanto formadora de bons profissionais e, ao mesmo tempo, estimular os estudantes que ainda estão em curso de Engenharia de Bioprocessos sobre as claras perspectivas de atuação após formados. Para fomentar essa iniciativa, nos próximos dias a Fanpage da UFSJ começa a divulgar entrevistas que já foram feitas no projeto “Formei, e agora?”.

Fuente: http://www.ufsj.edu.br/

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Ir arriba