Estudantes da UFSC lançam campanha para melhorar o conforto térmico em residências de famílias em vulnerabilidade social

O estudante Luiz Augusto Scheuermann França, com o suporte dos alunos Anderson Carneiro e Guilherme Augusto Ferraz do Amaral, todos do curso de Engenharia de Controle e Automação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), campus Blumenau, lançaram a campanha “Pintando um futuro para todos”. O objetivo é melhorar o conforto térmico em residências localizadas em regiões de vulnerabilidade social do município de Blumenau.

A campanha incentiva a doação de sobras de tintas para que possam ser utilizadas nas residências, que muitas vezes não dispõem de ventiladores ou aparelhos de ar condicionado. Quando aplicadas em lajes e telhados, tintas de tonalidades claras podem reduzir em até 10°C a temperatura dentro das residências.

A campanha faz parte do trabalho final da disciplina “Gestão de Projetos”, ministrada pela professora Selene de Souza Siqueira Soares. Luiz conta que a ideia de realizar o trabalho surgiu quando viu a reportagem “Vida a 50ºC” na BBC News Brasil. O vídeo As soluções simples para não ‘morrer de calor’ na Índia apresenta histórias de pessoas vulneráveis que recorrem a soluções simples, mas eficazes, para reduzir a sensação de calor. Uma das soluções apresentada é a aplicação de tinta branca nas lajes das residências.

“Depois de assistir à reportagem, pensamos em como trazer a ideia para o Brasil, visto que, mediante pesquisa, não foram encontradas iniciativas semelhantes por aqui. A partir da experiência de verões quentes vivenciados no campus, tivemos a ideia de promover o arrefecimento térmico em residências localizadas nas regiões carentes de Blumenau. Criamos a campanha ‘Pintando um futuro para todos’, visando arrecadar tintas de coloração branca para a pintura dessas residências, bem como a conscientização para a mitigação de um problema ambiental”, explica o aluno.

Segundo Luiz, a campanha foi dividida em duas partes: a primeira consiste no incentivo à doação de sobras de tintas a serem encaminhadas a populações em vulnerabilidade social; e a segunda relaciona o tema aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU). “Nosso objetivo também é promover a conscientização do problema de sobreaquecimento das cidades, bem como incentivar a reciclagem de latas, reuso de tintas e instruir sobre seu descarte correto”, explica o estudante.

Fonte: https://noticias.ufsc.br

Más artículos de la Universidad

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada.

Suscríbete al Grupo Tordesillas​

Introduce tu email y recibirás las novedades del Grupo Tordesillas mensualmente en tu correo electrónico.

Ir arriba